sexta-feira, 14 de agosto de 2009

Casa do Sal da Figueira da Foz apresenta as suas novas criações na próxima 2ª Feira, dia 17, pelas 12h, no Ecomuseu do San

Na próxima 2ª Feira, dia 17, pelas 12h, no Ecomuseu do Sal da Figueira da Foz a Casa do Sal vai fazer a apresentação pública das suas novas criações com ingredientes das Salinas Eiras Largas.
As novas criações, são:

  • Salicórnia seca para substituir o sal na alimentação
  • Salicórnia para saladas com Salicórnia seca e oregãos
  • Azeite Virgem Extra da Quinta da Ribeira de Lodões, em Vila Flor, Trás-os-Montes com Salicórnia da Salina Eiras Largas da Figueira da Foz
  • Azeite Virgem da Aldeia do Rabaçal, Concelho de Penela, com o Sal Picante para Grelhados da Casa do Sal
  • Azeite Virgem da Aldeia do Rabaçal, Concelho de Penela, com o Sal para Grelhados da Casa do Sal
  • Queijo Jorumelo do Lugar de Legacão, Aldeia do Rabaçal, cuja coalhada é temperada com o Sal da Salina Eiras Largas e quando já curado, é envolvido com o Azeite do Rabaçal e as Ervas do Sal Picante para Grelhados da Casa do Sal: alho, oregãos, alecrim e piripiri.

No Ecomuseu do Sal serão feitas degustações destas criações Casa do Sal, com a aplicação em diversas Tapas Eiras Largas.
Às 17h, do mesmo dia, serão apresentadas Tapas e Petiscos temperados com as criações Casa do Sal e cozinhados em Fornos Solares numa parceria com o Prof. Dr. Celestino Ruivo, professor da Universidade do Algarve e especialista em Fornos Solares.

Neste dia também será apresentada a nova imagem da Casa do Sal da Figueira da Foz, uma criação de Miguel Rodrigues, incorporando uma aguarela da Artista Figueirense Tesha.

Estas novas criações são fruto de pesquisas, experiências e testes realizados ao longo dos últimos anos e também resultado de trabalho em rede com outras microproduções artesanais, tanto do sector agrícola, como da transformação, comercialização e serviços.

Esta iniciativa integra-se no 2º Aniversário do Núcleo Museológico do Sal da Figueira da Foz.

A Casa do Sal da Figueira da Foz é um projecto que pretende contribuir para a viabilidade económica, social, cultural e ambiental da Salicultura da Figueira da Foz.
Surgiu ancorado à Salina Eiras Largas, e tem divulgado do Sal da Figueira da Foz em vários eventos em Portugal, sobretudo na Região Centro.
A Salina Eiras Largas está num processo de Certificação Agrícola e do Sal com a SATIVA.



Mais informações:

Casa do Sal - José João Rodrigues - 912434316
Fornos Solares: Celestino Ruivo - 918319210
EcoMuseu do Sal: Sónia Pinto - 961695297

Sem comentários: