sábado, 20 de dezembro de 2008

Salinas Eiras Largas da Figueira da Foz na Rota Portugal Tradicional do Autocaravanismo



Apresentação

O projecto Portugal Tradicional, que teve a sua inspiração em experiências francesas homólogas de aproximação dos autocaravanistas às explorações agrícolas, pecuárias e especialmente de produção de vinhos. A modalidade adoptada pelo Portugal Tradicional , pretendeu-se mais informal, isto é, os utilizadores não necessitarão de qualquer inscrição prévia ou quotização. Pretende-se deste modo proporcionar a junção entre o autocaravanismo e os espaços genuínos do nosso país.

Estes espaços são: quintas agrícolas, produtores de vinhos, criadores de animais, complexos de produção de artesanato, associações e projectos de desenvolvimento local, etc...

Apresenta-se deste modo uma variante turística caracterizada pela mobilidade, a gentes e locais que anseiam pela presença de visitantes, com quem possam conviver e mostrar os seus produtos.

Este tipo de fórmula de dinamização do autocaravanismo em conjunto com os espaços rurais tem uma clara aceitação em França, através das fórmulas France Passion e Bienvenue à la Ferme. Estas redes de locais de paragem já contam com mais de 1300 espaços aderentes, e com um percurso que já conta mais de 15 anos repletos de sucesso.

Este projecto é o resultado de um convénio entre o Portal CampingCar Portugal (www.campingcarportugal.com) e a ANIMAR - Associação Portuguesa para o Desenvolvimento Local (www.animar-dl.pt). Conseguiu-se assim uma junção de duas vertentes distintas mas bastante próximas, isto é, por um lado apresenta-se o autocaravanismo como componente turística potencial, e por outro, apresenta-se o interior do país, que anseia por visitantes e factores de dinamização local.

O interior característico de Portugal apresenta-se cada vez mais como uma alternativa ao turismo de massas. É esta faceta que atrai um número significativo de autocaravanistas, portugueses e estrangeiros, que percorrem o nosso país durante todo o ano, sem influências da sazonalidade. Esta actividade turística envolve estatísticas impressionantes, ao nível do elevado crescimento anual que se verifica no número de adeptos.




Sem comentários: