segunda-feira, 29 de dezembro de 2008

Fim de Ano no Casino da Figueira da Foz

Para a despedida de 2009, o Casino da Figueira organizou um programa de fim de ano em dois espaços distintos. O Alea Restaurante Concerto Bar será palco de um jantar “buffet” com animação musical a cargo do grupo “Mistura Fina”. Com uma decoração inspirada na Figueira da Foz, os painéis de parede deste espaço, compostos por mais de 25 mil conchas, transmitem um ambiente descontraído para jantar, cear ou tomar uma bebida, sempre com música a “acompanhar”. A linha gastronómica do restaurante é inspirada na cozinha portuguesa, «acrescentando a criatividade e originalidade que conferem aos pratos o estatuto de exclusivos», referem os responsáveis. «Um espaço moderno e sofisticado, onde é possível desfrutar de sabores e sons de excepção até tarde», acrescentam ainda. O preço por pessoa para o jantar “buffet” é de 120 euros.
Quanto ao Salão Caffé, vai receber um jantar de gala, que inclui o espectáculo “Last Century”, uma produção de 90 minutos, predominantemente em domínios de bailados por uma formação de 15 bailarinos, complementada com actuações de três cantores ao vivo, cujo repertório se baseia nos grandes sucessos do século XX. A seguir ao espectáculo a animação prossegue com baile ao som de Sygma Band e, no final da noite, com a actuação do dj Carlos Vargas. O preço por pessoa é de 250 euros.
O Salão Caffé mistura o clássico com o moderno, «exibindo um requinte sóbrio mas informal, trazendo à ribalta a magia dos seus tectos», descrevem também os responsáveis.

As informações e reservas podem ser feitas através do número 233 408 400 ou do e-mail reservas@casinofigueira.pt.

Fonte Diário Coimbra

sábado, 20 de dezembro de 2008

Salinas Eiras Largas da Figueira da Foz na Rota Portugal Tradicional do Autocaravanismo



Apresentação

O projecto Portugal Tradicional, que teve a sua inspiração em experiências francesas homólogas de aproximação dos autocaravanistas às explorações agrícolas, pecuárias e especialmente de produção de vinhos. A modalidade adoptada pelo Portugal Tradicional , pretendeu-se mais informal, isto é, os utilizadores não necessitarão de qualquer inscrição prévia ou quotização. Pretende-se deste modo proporcionar a junção entre o autocaravanismo e os espaços genuínos do nosso país.

Estes espaços são: quintas agrícolas, produtores de vinhos, criadores de animais, complexos de produção de artesanato, associações e projectos de desenvolvimento local, etc...

Apresenta-se deste modo uma variante turística caracterizada pela mobilidade, a gentes e locais que anseiam pela presença de visitantes, com quem possam conviver e mostrar os seus produtos.

Este tipo de fórmula de dinamização do autocaravanismo em conjunto com os espaços rurais tem uma clara aceitação em França, através das fórmulas France Passion e Bienvenue à la Ferme. Estas redes de locais de paragem já contam com mais de 1300 espaços aderentes, e com um percurso que já conta mais de 15 anos repletos de sucesso.

Este projecto é o resultado de um convénio entre o Portal CampingCar Portugal (www.campingcarportugal.com) e a ANIMAR - Associação Portuguesa para o Desenvolvimento Local (www.animar-dl.pt). Conseguiu-se assim uma junção de duas vertentes distintas mas bastante próximas, isto é, por um lado apresenta-se o autocaravanismo como componente turística potencial, e por outro, apresenta-se o interior do país, que anseia por visitantes e factores de dinamização local.

O interior característico de Portugal apresenta-se cada vez mais como uma alternativa ao turismo de massas. É esta faceta que atrai um número significativo de autocaravanistas, portugueses e estrangeiros, que percorrem o nosso país durante todo o ano, sem influências da sazonalidade. Esta actividade turística envolve estatísticas impressionantes, ao nível do elevado crescimento anual que se verifica no número de adeptos.




quarta-feira, 10 de dezembro de 2008

Receita - Peixe Assado em sal grosso

Ingredientes:

  • 1 unid peixe inteiro aprox 2,5 kg
  • 4 kg sal grosso
  • 2 unid claras de ovo

Preparação:

O peixe deverá ser fresco e nunca congelado
Deverá ter escamas
Ele só deverá ser esvicerado sem retirar as guelrras nem as escamas
Lave e enxugue bem o peixe
Misture as claras ao sal grosso
Faça um lastro de sal grosso numa assadeira ou na travessa onde ira servir
Deite o peixe e cubra com o restante do sal
Devera ficar todo coberto e não formar buracos, bem envolto numa camada de sal de pelo menos um centímetro de espessura.
Leve ao forno alto pré aquecido (220) até que o sal comece a dourar (30 a 40 minutos)
Retire e quebre a capa dura de sal que se formou e retire cuidadosamente. As escamas e a pele do Peixe devarão ficar coladas ao sal.
Sirva imediatamante com molhos diversos a gosto